"Dá-me a tua mão desconhecida, que a vida está me doendo, e não sei como falar ..." Clarice Lispector
 

sábado, março 31, 2007

 
Estou de mudança

A transição para o novo blogger deixou meus descaminhos meio esquisito. Uma hora tá tudo certo, em outra, nem eu consigo ler o que está escrito, além disso, o Falou e Disse já era. Por isso resolvi mudar.

Na verdade, isso aí é só uma desculpa para tomar uma decisão que estava adiando. É que eu gosto do nome do meu bloguinho, já tava acostumada, mas, um dia, o Aurélio me falou uma coisa que nunca mais parou de martelar na minha cabeça.

- Uma vez eu li que as pessoas, às vezes, flertam com o abismo, mesmo sem perceber.
- Você tá querendo dizer que eu flerto com o abismo?
- Não, claro que não, mas às vezes você pode estar flertando e não saber.
- Então você acha que às vezes eu faço isso!
- É, talvez, não sei te explicar direito. Eu realmente não acho que você faça isso, assim, de uma forma clara, consciente e nem muito menos constante.
- ?????????
- Deixa pra lá, eu não tô conseguindo me explicar direito, na verdade eu não estava falando exclusivamente sobre você.
- Isso eu entendi, e também entendi sobre flertar com o abismo, mas tem alguma coisa sobre mim nessa conversa que eu ainda não entendi. Eu não flerto com o abismo abertamente, mas, de alguma forma, você percebe ou se preocupa com algumas coisas que eu digo ou faço que te fazem pensar nisso.
- É, é mais ou menos isso mesmo, não é uma certeza, mas às vezes eu penso.
- ????????????????????
- Deixa pra lá, são só coisas que me passam pela cabeça.
- Acho que eu sei o que você está pensando. Essa conversa começou porque eu estava falando sobre blogs e sobre querer escrever no meu, estar sentindo falta disso e o computador estar quebrado. Você tava pensando no nome do meu blog?
- Acho que sim. Não foi uma coisa tão clara, mas agora que você falou, acho que foi isso mesmo.
- Você acha que esse nome é uma forma de flertar com o abismo?
- Não sei, às vezes eu penso que sim, é um nome muito bom para isso, mas pode ser que seja uma grande besteira minha. Quando você está bem e escrevendo com prazer eu não penso nisso, mas quando você fica mal eu me preocupo e confesso que penso sim.

Nossa conversa foi longa, mas essa história de flertar com o abismo mexeu comigo e eu conclui que ele tem bons motivos para pensar assim.

Quando eu dei o nome para o blog esse não foi o primeiro da lista, mas os outros não estavam disponíveis e esse estava. Mas o fato é que ele fazia parte da lista. Não sei qual era a minha intenção, mas sei que esse espaço me trouxe muitas alegrias e muitos amigos, mas sei também que sempre que escrevi aqui eu me senti meio estranha. Eu achava que um post alegre não combinava com o nome do blog e algumas vezes me senti escrevendo coisas que tinham tudo a ver com com ele, e nessas horas eram sempre textos mais tristes, meio íntimos e, estranhamente, isso me deixava mais realizada. Tudo muito estranho mesmo.

Então, chega de papo. O negócio é o seguinte: EU NÃO QUERO FLERTAR COM O ABISMO!!!!!!!!!! Por isso, esse é o último post desse blog, pelo menos até eu voltar a ser uma pessoa assim, como eu diria, "normal" rsrsrs. A ser o que eu era, ou o que eu sou mas que se escondeu em algum lugar e eu tô procurando. Talvez quando eu começar a caminhar novamente, aí eu volte e não me incomodarei mais com o nome.

Ainda não tenho endereço certo, mas já reservei alguns. Gostaria imensamente que vocês me ajudassem a escolher ou dessem novas sugestões. Vou ficar esperando. Quero continuar a blogar.

Tá valendo qualquer nome. Conto com vocês.

Eu já tenho um blog que eu comecei e parei chamado Querido Mundo e já reservei os nomes Anos Rebeldes e A Lagartixa da Xoxota Alegre (é pra rir mesmo).

Então é isso, me ajudem a escolher o nome do meu novo bloguinho!



This page is powered by Blogger.

View Statistics


E.Mail


Arquivos


Blogs que Leio